Posts

Acupuntura e as dúvidas mais comuns!

Adoro esses nossos encontros sabiam??…

Andei pesquisando sobre qual assunto deveríamos explanar hoje e depois de muito estudo, percebi  como existe muitas dúvidas sobre Acupuntura, resolvi pontuar as perguntas mais frequentes e de forma simples respondê-las, vamos começar pelo ponto chave ACUPUNTURA.

O que é acupuntura?

Como comentei em artigos anteriores, acupuntura é uma técnica terapêutica da Medicina Tradicional Chinesa, que consiste na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo, promovendo estímulo dos mesmos e com isso são capazes de tratar diversas doenças físicas ou emocionais  como enxaquecas ou artrite por exemplo, além de melhorar o sistema imunológico.

Para que serve?

Além dos casos de dor, várias doenças funcionais podem ser tratadas pela acupuntura. Dentro da concepção chinesa, a doença é uma manifestação de desequilíbrio, e a acupuntura seria uma forma de readquirir a harmonia perdida. Entre muitas outras doenças tratáveis pela acupuntura estão: dores em geral, especialmente do aparelho músculo esquelético, gastrite, stress, depressão, distúrbios hormonais, insônia, asma, distúrbios menstruais, paralisia facial, sinusite, incontinência urinária, obesidade, fibromialgia…

Além dessas doenças, a acupuntura pode também ser utilizada no tratamento de doenças e distúrbios emocionais como ansiedade, excesso de estresse ou depressão, por exemplo.

As agulhas podem transmitir doenças?

Sim, se o procedimento não for realizado de forma correta, pois a acupuntura deve ser feita com agulhas descartáveis, pois a sua reutilização aumenta as chances de contrair algumas doenças como hepatite ou meningite, por exemplo.

Por isso, quando for realizar um procedimento de acupuntura deve assegurar de que esta é feita por um profissional competente, e que segue as normas da Anvisa que obriga à utilização de material descartável.

Quais os tipos de Acupuntura?

Bom, existem diversos tipos de acupuntura, e cada uma apresenta uma função diferente:

1. Acupuntura auricular

A acupuntura auricular, também conhecida como Auriculoterapia, pode ser usada para tratar dores, doenças físicas ou emocionais e pode ser realizada com ou sem agulhas. Esta técnica é feita nas orelhas, e quando não são utilizadas agulhas, podem ser usadas sementes de mostarda ou outras pequenas esferas que são colocadas em determinados pontos da orelha.

2. Acupuntura estética

No caso da acupuntura estética, esta técnica visa a aplicação de agulhas em determinados pontos do corpo para melhorar a circulação sanguínea, promover o crescimento das células de sustentação, combater a gordura localizada e ajudar a drenar os líquidos em excesso. O efeito da agulha aumenta o metabolismo, acelera o processo de divisão celular, ativa a produção de colágeno. Os músculos faciais ficam mais rígidos, e o aspecto geral da pele melhora. Além da face é possível cuidar também da flacidez de uma área crítica, na qual os sinais de envelhecimento são notados com facilidade.

3. Acupuntura para emagrecer

Como já é sabido e explanado em artigo anterior, OBESIDADE E ACUPUNTURA, a acupuntura é um potente inibidor da ansiedade, controlando assim a compulsão por doces, massas, refrigerantes e os alimentos que  devem ser ingeridos moderadamente. Existe a combinação dos pontos que inibem o apetite, agem contra a retenção de líquidos, tonificam a musculatura, por isso tem também uma excelente resposta na estética, além dos pontos que melhoram a auto estima, e a disposição. Por ter uma ação tanto na parte fisiológica quanto psicológica, a acupuntura minimiza muito a necessidade do uso de medicamentos. Porém, friso que nada disso adianta sem uma dieta orientada e individualizada, e uma atividade física regular também orientada de acordo com as suas necessidades.

Quando procurar um acupunturista?

De preferência no início dos sintomas. Como sabemos, quanto mais recente o problema, maior e mais rápida a possibilidade de resolvê-lo. O lado preventivo da acupuntura consiste na possibilidade de ir contra a doença antes que ela se manifeste em sua plenitude.

Posso misturar outros tratamentos com a acupuntura?

Sim, Claro. E em alguns casos é altamente recomendável, como por exemplo pacientes em Quimioterapia (tratamento do câncer), a acupuntura é benéfica na eliminação de alguns efeitos adversos da terapia (vômitos, vertigens,etc.). Além que a acupuntura pode potencializar o efeito de medicamentos, uma vez que o paciente está com a sua energia mais equilibrada , podendo ser possível a redução da dosagem de certos medicamentos, entre outros.

A acupuntura dói?

Quando executada por por um profissional habilitado o procedimento praticamente indolor. A dor existe em alguns pontos e também em alguns perfis de paciente ela pode ser maior que o normal. A acupuntura pode produzir algumas sensações, como sensação de peso nos membros, ardência e coceira ao redor dos pontos e sensações de leves choques, sensações essas normais e indicam que a acupuntura já está mobilizando a energia do paciente.

Quais os efeitos colaterais da acupuntura?

Posso dizer é que ela não apresenta efeitos colaterais. Mas é interessante notar que a maioria dos pacientes que relatam uma “sonolência irresistível” após a acupuntura são, em geral pacientes estressados e com distúrbios no sono, o que sugere que a sonolência nada mais é do que a necessidade do corpo descansar.

A Acupuntura trata tudo?

Podemos dizer que sim, partindo do pressuposto que toda doença ou sintoma é um desequilíbrio energético e que a Acupuntura faz o reequilíbrio. Aqui devo citar que como todo tratamento há limitações, na Acupuntura não poderia ser diferente. A grande vantagem não tem contra-indicações e nem efeitos colaterais.

É necessário esperar um encaminhamento, para iniciar um tratamento com Acupuntura?

Por ser diferente dos tratamentos convencionais, alguns profissionais da saúde conhecem esta técnica, porém a maioria não fará o encaminhamento. Mas deixo claro, que nada impede o paciente de iniciar o tratamento. O diagnóstico energético não depende do diagnóstico convencional.

E ai, ajudei com alguns esclarecimentos?? Oriento que procure um profissional responsável e habilitado para iniciar tratamento do descobrir-se.

Mantenha-se em equilíbrio!!

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura

ENXAQUECA E ACUPUNTURA

ENXAQUECA! O QUE É ?

Resume em uma tremenda dor de cabeça de intensidade variada, geralmente acompanhada de náusea e sensibilidade à luz e aos sons.  Entre os mais de 150 tipos de cefaleia, há a temida enxaqueca. Duram de quatro até 72 horas — e hoje atinge cerca de 5% da população brasileira.

QUAL A FAIXA ETÁRIA ATINGIDA?

À partir de 6 anos de idade até a terceira idade. Sendo a maior incidência em mulheres de idade produtiva entre seus 20 anos e 40 e poucos anos.

QUAIS AS CAUSAS?

São várias, dentre delas algumas causas desencadeadoras são alterações hormonais, certos alimentos e bebidas, estresse, exercícios ou a ausência desses (sedentarismo), má postura, desnutrição ou alimentação desbalanceada, disfunção da articulação temporo-mandibular (ATM), bruxismo, transtorno de ansiedade, má oxigenação cerebral por entupimento de vasos sanguíneos importantes, cansaço físico e mental (exaustão), baixa ingestão de água e até infecções.

QUAL MELHOR TRATAMENTO?

Em primeiro lugar você tem que se conhecer.

  • Primeira ação é a realização de um check up médico profundo, inclusive com neurologista.
  • Segunda ação é evitar a causa, quando possível.

Após essas etapas, as medidas de tratamento podem ser desde retirada do agente causador, medicamentos preventivos e tratamentos integrativos que podem auxiliar a controlar as enxaquecas, como sessões de acupuntura, correção de postura e atividade física adequada.

Mas, por melhor que seja seu acupunturista ou médico você não souber relatar o que você faz e como age, o tratamento pode ficar incompleto, portanto a importância de se auto-observar muito bem.

E pelo seu bem, pense em soluções que não afetarão sua saúde futura. Não se auto medique o tempo todo ! essa atitude poderá trazer sérios danos à sua saúde comprometendo o funcionamento de seus órgãos (estômago, fígado ou rins).

COMO A ACUPUNTURA AJUDA?

A acupuntura visa reduzir a intensidade dos sintomas e dependendo da causa previne a reincidência das crises.

Há pontos específicos de acupuntura para aumentar os neurotransmissores que regulam a “cascata da dor” – que são os hormônios que interferem na sequência química que bloqueia que a dor ocorra e se mantenha. Além, de pontos que relaxam diminuindo a tensão muscular, que é a número um nas causas de enxaquecas.

É muito comum os neurologistas não conseguirem identificar exatamente a causa raiz da enxaqueca. Principalmente nestes casos a acupuntura traz excelentes resultados uma vez que traz um equilíbrio geral para o corpo.

O QUE MAIS POSSO FAZER!!!

1) Não fique sem se alimentar por mais de 4 horas, evite muito café e alimentos gordurosos;

2) Não exagere nos medicamentos;

3) Faça exercício apropriados para você;

4) Controle o estresse  –  é aqui que a acupuntura vai mais te ajudar !!!!

5) Procure dormir no mínimo 7 horas por dia.

Ajudei você a tirar algumas dúvidas? Agora, quando iniciar o tratamento por Acupuntura procure um profissional responsável e habilitado.

Mantenha-se em equilíbrio!!

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura

 

ACUPUNTURA ALIVIA SINTOMAS DA MENOPAUSA

menopausa é definida na literatura médica como a cessação dos ciclos menstruais, e mudança da fase reprodutiva para a não reprodutiva. A menopausa é antecedida por um período denominado climatério, onde gradualmente a mulher passa por mudanças hormonais com diminuição da produção dos hormônios estrogênio e progesterona. Os sintomas incluem ondas de calor, suores noturnos, insônia, fadiga, alterações de humor, perda de memória, secura vaginal, dores e cabeça, dor nas articulações e ganho de peso.

Diagnóstico e tratamento da menopausa

A Terapia de Reposição Hormonal (TRH) sempre gera muitos receios e dúvidas. A TRH pode ser iniciada quando os primeiros sintomas da menopausa aparecem. Enquanto eles podem aliviar os “calorões” e prevenir a osteoporose, eles também podem aumentar o risco de câncer de mama, ovário e útero, e têm uma série de efeitos colaterais significativos. Mas TRH não é a única solução. A menopausa e saúde da mulher é uma área em que a Medicina Oriental brilha. Acupuntura e fitoterapia chinesa, têm capacidade de aliviar rapidamente sintomas como ondas de calor, irritabilidade, insônia e secura vaginal.

Estudos sobre Acupuntura e Menopausa

Desde o início dos anos 70, estudos ao redor do mundo têm sugerido que a acupuntura e fitoterapia chinesa são tratamentos eficazes para sintomas como ansiedade, insônia, secura vaginal e muitos outros sintomas associados à menopausa.

Estudos realizados na Escola de Medicina da Universidade de Stanford, mostraram que o tratamento através da acupuntura obteve bons resultados no alívio dos sintomas mais comuns, como as ondas de calor (fogachos), ansiedade, insônia e instabilidade emocional, colaborando para uma melhor condição de vida da mulher atual, descobriu-se que durante o curso de tratamentos de acupuntura, as ondas de calor diminuíram em 35% e a insônia diminuiu em 50%, resultados extremamente positivos.

Saliento sempre, é imprescindível fazer as sessões de acupuntura com um/a profissional comprovadamente experiente.

Mantenha-se em equilíbrio sempre !!!!

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura

 

Como melhorar sua Auto Estima através dos florais

Auto-estima, é quando consideramos a boa convivência consigo mesmo. É a cura para todos os problemas e angústia. E mais, é a cura para todas as doenças de origem emocional e relações destrutivas.

Sendo assim te faço algumas perguntas, como está o seu emocional, como anda sua relação com você mesmo? Você vê qualidades em si ou só pensa em seus defeitos? Você tem orgulho de quem é ou vive fazendo comparações com a vida dos outros e se sentindo inferior? Quando você se olha no espelho como se sente?

Você sabe que amar a si mesmo é um dos quesitos mais importantes para uma vida feliz? Construir uma boa autoestima pode proporcionar uma mudança radical na forma como você se sente e vive, porque não gostar de si faz com que você viva uma constante batalha interna. É você contra você mesmo. Quando se livra disso e passa a gostar de ser quem é, a vida se torna leve, bonita e cheia de oportunidades para serem aproveitadas.

Não se desespere se hoje você olhou para o espelho e se achou horrível, todos temos dias em que estamos chateados. O problema é quando você sente isso todos os dias, o tempo todo, e nunca consegue se sentir feliz por ser quem é.

Se você está com a auto estima abalada, você pode e deve procurar ajuda para corrigir isso o mais rápido possível, evitando possíveis doenças. Uma das alternativas é recorrer à Terapia Floral. Neste caso o ideal é encontrar um terapeuta habilitado para, através de consultas detalhadas e sequenciais, indicar-lhe as essências ideais para o seu caso.

Terapia Floral ajuda a trilhar o caminho do autoconhecimento, proporciona maior segurança e confiança em si mesma, permitindo o despertar pleno do seu potencial.

Mas algumas atitudes podem te ajudar bastante na melhoria desse processo:

  • Agradecer sempre suas qualidades. Gratidão sempre !!
  • Tomar atitudes que te faça perceber que está crescendo e aprendendo;
  • Ria de si mesmo, ao invés de envergonhar-se;
  • Descubra o que faz você se sentir bem e abuse disso, aprenda a gostar de suas habilidades e gostar de olhar para si;
  • Trate a si mesmo com carinho, cuide-se interna e externamente, buscando sempre o melhor para si;
  • Acredite, você merece tudo de bom!!
  • Use o que te faz feliz, sem medo, sem comparações;
  • Dê atenção às suas necessidades;
  • Perdoe seus erros;
  • Esqueça seus “defeitos” e vá curtir a vida!

“Amar a si mesmo é um romance que vai durar a vida inteira.” – Oscar Wilde

Mantenha-se em equilíbrio sempre !!!!

 

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura

 

 

Tudo sobre acupuntura na gravidez

By Andrea Shima

Uma das grandes vantagens de viver gestação e a criação de filhos nos dias de hoje é poder aproveitar todos os avanços e recursos da área da saúde. Assim, pode-se complementar o pré-natal, o parto e o pós-parto com tratamento como a acupuntura, para o alívio de incômodos, dores e mesmo para que eventos naturais, como a amamentação.

Prática segura durante a gravidez – porém com uma ressalva

A prática principal da acupuntura tem o objetivo de ativar pontos que estimulam e liberam substâncias e hormônios do próprio paciente para cuidar de suas dores e problemas de saúde. Fazendo uma analogia bem visual: “às vezes, as estradas do corpo ficam congestionadas e a acupuntura atua para liberar esses caminhos”, como explica Andrea Shima.

Esta técnica pode ser aplicada em todo o corpo, tanto em pontos locais (como em dores na lombar ou no ciático) quanto em pontos sistêmicos (aqueles que ficam espalhados pelo corpo e interferem de forma geral nos órgãos).

Porém, Andrea Shima salienta que para ter a segurança de que não haverá nenhum acidente neste sentido durante a gravidez, é imprescindível fazer as sessões de acupuntura com um/a profissional comprovadamente experiente no trato com gestantes e muito importante trocar ideias com o obstetra que esteja acompanhando a gestação, e ter desse profissional a aprovação sobre a possibilidade de se submeter ao referido tratamento. 

Feita essa ressalva, o resto é tranquilo: por tratar os pacientes com a ativação do que existe no próprio corpo apenas com as agulhas apropriadas, sem o uso de elementos artificiais, a acupuntura é uma alternativa aos tratamentos medicamentosos. A acupuntura é uma grande aliada em um período em que existem muitas limitações em relação a remédios e outros procedimentos.

Acupuntura durante a gestação

Já nas primeiras semanas da gravidez, quando algumas mulheres podem sofrer pequenos descolamentos de placenta, o método pode começar a ser empregado na gestante, pois pode prevenir que o problema progrida e resulte em um aborto espontâneo.

A acupuntura também serve para aliviar os desconfortos comuns da gravidez, auxiliando no tratamento desde enjoos à oscilações emocionais, passando por dores gerais, inchaço e alterações no sono ou no funcionamento do intestino. 

A quantidade de sessões depende de cada caso e, muitas vezes, já nas primeiras agulhadas a grávida pode ter seu bem-estar de volta – pelo menos até o surgimento de algum outro incômodo típico da gravidez. 

Bebê e sua posição incorreta? A acupuntura pode ajudar

Uma das coisas que mais tiram o sono das futuras mamães que desejam um parto normal é quando o bebê fica sentado ou na transversal dentro da barriga. De acordo com os especialistas, a acupuntura pode ajudar a reverter essa situação. Existem protocolos específicos para aumentar a movimentação fetal e auxiliar em seu encaixe. Neste caso, além das agulhas, utilizamos uma outra técnica da medicina chinesa, chamada moxabustão, que consiste em um bastão de artemísia utilizado para estimular os pontos de acupuntura por meio do calor.

Agulhas a favor do nascimento da criança

Trabalhos de parto lentos, em que as contrações demoram para ficar ritmadas e a dilatação parece não evoluir, podem ser muito beneficiados pela acupuntura. 

A prática também auxilia no estímulo ao início do trabalho de parto. A acupuntura pode amadurecer o colo do útero e induzir o início das contrações, sem a necessidade de indução medicamentosa.

 

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura