Posts

O que é eletroacupuntura?

Eletroacupuntura é um dos tratamentos integrativos que usa a acupuntura como base. A acupuntura é o tratamento que consiste na aplicação de agulhas em pontos definidos do corpo para obter diferentes efeitos terapêuticos. A diferença é que a essa faz uso de agulhas ligadas a aparelhos elétricos, que potencializam a terapia e transmitem estímulos aos pontos de acupuntura. Esse tratamento, geralmente é utilizado para tratamentos com dores muito fortes ou lesões mais graves.

O tratamento destina-se a todas as pessoas que sofrem de estresse, ansiedade, depressão, insônia, enxaqueca, mulheres na TPM, dependência química, problemas respiratórios, impotência, alterações menstruais ou hormonais, problemas imunológicos, traumas em geral, problemas reumáticos e aqueles que sofrem de sintomas vagos e que não conseguem um alívio com tratamentos convencionais. Aqui mais uma vez saliento que, para não dar problema, o tratamento tem que ser feito por profissionais habilitados e qualificados.

Não é indicado para gestantes, cardíacos e portadores de marcapasso.

Como as agulhas não são manipuladas manualmente, o estímulo pode ser controlado mais facilmente e de maneira precisa. A técnica se baseia em energias que percorrem o corpo.

Informo que quando estamos em desequilíbrio energético, que causam os distúrbios internos, os pontos poderão estar mais dolorosos, porém o incômodo da picada com a agulha é suportável.

Esses pequenos choques pelo corpo auxiliam na liberação de substâncias químicas analgésicas e relaxantes musculares, que dão uma sensação de conforto para a pessoa como um todo.

Quer saber mais sobre este tratamento??

Venha agende uma consulta, independente oriento que procure um profissional responsável e habilitado para iniciar tratamento do descobrir-se.

Mantenha-se em equilíbrio!! #descobrirseé

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura

Auriculoterapia – saúde que vem da orelha

Você sabia que a orelha esconde poderes que muita gente desconhece??

Você já percebeu que o formato dela lembra o de um feto de cabeça para baixo? A auriculoterapia é uma terapia integrativa que pode complementar a medicina tradicional e se baseia na relação orelha e o restante do corpo humano, ou seja, temos a orelha como um microssistema relacionado ao macro, corpo humano, onde através de estímulos com agulha, sementes e/ou cromoterapia são realizados os procedimentos para o tratamento de enfermidades físicas e emocionais.

Ela consiste em estimular pontos do pavilhão auricular que representam cada órgão e função do nosso organismo. Ao ser aplicada, a técnica reequilibra a energia necessária para o bom funcionamento do corpo.

No Brasil, a auriculoterapia é usada desde 1975.

Esta técnica é indicada para alívio rápido da dor, emagrecer, parar de fumar ou beber e também no tratamento de:

• intoxicação alimentar ou por medicamento;
• dor nas costas, no ciático, nos braços;
• hérnia de disco;
• enxaqueca;
• insônia;
• desvios de atenção;
• depressão, ansiedade, fobias, síndrome do pânico;
• perturbações do sistema nervoso autônomo (que controla respiração, temperatura corporal, circulação do sangue e digestão).

Muitas vezes, os efeitos aparecem já na primeira sessão. Mas é importante lembrar que o alívio dos sintomas depende da continuidade do tratamento, pois a auriculoterapia trabalha a causa do problema.

Dentre os principais benefícios da Auriculoterapia, podemos citar o método não invasivo, ou seja, o tratamento de qualquer região do corpo é feita na orelha e seus resultados são imediatos. Além disso, os efeitos são preventivos, dando ao organismo energia suficientes para auxiliar na melhora das enfermidades.

Assim como as demais técnicas da terapia holística, a Auriculoterapia pode ser usada como tratamento complementar aos demais tratamentos de doenças, pois não apresenta efeitos colaterais e pode ser aplicada em adultos, crianças e idosos e seu uso associado a outras terapias, dinamiza os resultados benéficos de qualquer tratamento.

Esta terapia não somente é para tratamento de doenças, como também vale para acalmar, tranquilizar e devolver a paz interior. Há momentos em que nos sentimos sobrecarregados, esgotados e sem forças e sua aplicação ajuda a liberar tensões e restabelecer a energia vital.

Agora, esse procedimento deve ser realizada por terapeutas devidamente capacitados com formação embasada na medicina tradicional chinesa e prática comprovada.

Venha agende uma consulta, independente oriento que procure um profissional responsável e habilitado para iniciar tratamento do descobrir-se.

Mantenha-se em equilíbrio!! #descobrirseé

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura

 

Bem-estar na primavera foque na Acupuntura!

Com as mudanças de estação mudam também as nossas características e comportamentos. A Primavera é o despertar depois do Inverno, e tal como as flores que começam a desabrochar com a temperatura suaves, também nós estamos com mais energia para viver, conviver e sair de casa.

Na Medicina Tradicional Chinesa as estações nos influenciam com um todo, temos para cada órgão um elemento, uma emoção, uma cor, um sabor, uma estação correspondente. Nas teorias da acupuntura, cada estação tem relação com um órgão ou sistema do corpo. Na primavera é o fígado, nesta época do ano, ele fica mais vulnerável e suas funções tendem a ficar desarmônicas.

Em primeiro lugar é preciso entender que o fígado é um órgão vital, sem o qual não é possível sobreviver. Além de ser o maior órgão sólido e a maior glândula do corpo, ele também é responsável por centenas de funções no nosso organismo e que, quando não funciona de maneira correta, sintomas como desânimo, estresse, enxaqueca, musculatura rígida, dor nos olhos e até mesmo emoções negativas como raiva e rancor, são mais comuns ou tendem a se intensificar.

Esse órgão influencia os tendões, os olhos, a circulação da energia pelo corpo e a produção de sangue. Quando existem desequilíbrios há tendência para tendinites, espasmos musculares (torcicolos, lombalgias), dor de cabeça, enxaqueca, conjuntivite, olhos vermelhos, visão turva, dores que se movem pelo corpo, opressão torácica, alterações menstruais, cansaço e falhas de memória.

 A acupuntura melhora os sintomas das disfunções advindas do fígado, restaurando seu equilíbrio e do sistema como um todo.

Como precaução pessoal e complementar à acupuntura, é importante também, nesta época do ano, atenção redobrada para os cuidados que envolvem este órgão, principalmente em relação à alimentação. Optar por refeições mais saudáveis, mais água e menos toxinas. O sabor da estação é o ácido e a cor é o verde, o que significa que os alimentos mais adequados para esta fase – em quantidades moderadas – são os citrinos (laranja, limão, lima), tomate, ameixa, morango, framboesa, ananás, truta, vinagre, espinafre, alcachofra, nabiça, brócolos, espargos, alface, aipo, curgete e couve.

Com esses cuidados, sua primavera ficará mais leve para enfrentar a próxima estação e com certeza a Acupuntura pode te auxiliar nisso, não somente nesta, mas em qualquer época do ano.

Boa Primavera!!!

Venha agende uma consulta, independente oriento que procure um profissional responsável e habilitado para iniciar tratamento do descobrir-se.

Mantenha-se em equilíbrio!! #descobrirseé

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura

ENXAQUECA E ACUPUNTURA

ENXAQUECA! O QUE É ?

Resume em uma tremenda dor de cabeça de intensidade variada, geralmente acompanhada de náusea e sensibilidade à luz e aos sons.  Entre os mais de 150 tipos de cefaleia, há a temida enxaqueca. Duram de quatro até 72 horas — e hoje atinge cerca de 5% da população brasileira.

QUAL A FAIXA ETÁRIA ATINGIDA?

À partir de 6 anos de idade até a terceira idade. Sendo a maior incidência em mulheres de idade produtiva entre seus 20 anos e 40 e poucos anos.

QUAIS AS CAUSAS?

São várias, dentre delas algumas causas desencadeadoras são alterações hormonais, certos alimentos e bebidas, estresse, exercícios ou a ausência desses (sedentarismo), má postura, desnutrição ou alimentação desbalanceada, disfunção da articulação temporo-mandibular (ATM), bruxismo, transtorno de ansiedade, má oxigenação cerebral por entupimento de vasos sanguíneos importantes, cansaço físico e mental (exaustão), baixa ingestão de água e até infecções.

QUAL MELHOR TRATAMENTO?

Em primeiro lugar você tem que se conhecer.

  • Primeira ação é a realização de um check up médico profundo, inclusive com neurologista.
  • Segunda ação é evitar a causa, quando possível.

Após essas etapas, as medidas de tratamento podem ser desde retirada do agente causador, medicamentos preventivos e tratamentos integrativos que podem auxiliar a controlar as enxaquecas, como sessões de acupuntura, correção de postura e atividade física adequada.

Mas, por melhor que seja seu acupunturista ou médico você não souber relatar o que você faz e como age, o tratamento pode ficar incompleto, portanto a importância de se auto-observar muito bem.

E pelo seu bem, pense em soluções que não afetarão sua saúde futura. Não se auto medique o tempo todo ! essa atitude poderá trazer sérios danos à sua saúde comprometendo o funcionamento de seus órgãos (estômago, fígado ou rins).

COMO A ACUPUNTURA AJUDA?

A acupuntura visa reduzir a intensidade dos sintomas e dependendo da causa previne a reincidência das crises.

Há pontos específicos de acupuntura para aumentar os neurotransmissores que regulam a “cascata da dor” – que são os hormônios que interferem na sequência química que bloqueia que a dor ocorra e se mantenha. Além, de pontos que relaxam diminuindo a tensão muscular, que é a número um nas causas de enxaquecas.

É muito comum os neurologistas não conseguirem identificar exatamente a causa raiz da enxaqueca. Principalmente nestes casos a acupuntura traz excelentes resultados uma vez que traz um equilíbrio geral para o corpo.

O QUE MAIS POSSO FAZER!!!

1) Não fique sem se alimentar por mais de 4 horas, evite muito café e alimentos gordurosos;

2) Não exagere nos medicamentos;

3) Faça exercício apropriados para você;

4) Controle o estresse  –  é aqui que a acupuntura vai mais te ajudar !!!!

5) Procure dormir no mínimo 7 horas por dia.

Ajudei você a tirar algumas dúvidas? Agora, quando iniciar o tratamento por Acupuntura procure um profissional responsável e habilitado.

Mantenha-se em equilíbrio!!

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura