Posts

Acupuntura no tratamento da Dor Ciática

A dor ciática (ciatalgia) tem sido algo bastante comum atualmente. Na verdade, a ciatalgia é mais um sintoma do que uma patologia propriamente dita.

A dor ciática pode ser causada pela compressão, inflamação ou irritação de uma ou mais raízes nervosas que nascem na medula espinhal e vão formar o nervo ciático (ou isquiático). Para conhecimento, o nervo ciático é o maior nervo do corpo, começando na 4ª vértebra da coluna lombar e estendendo-se pela face posterior do quadril, desce por trás da coxa e do joelho de cada perna até alcançar o dedo maior do pé (hálux).

As causas de compressão desse nervo podem ser hérnias de disco, traumas, tumores, osteoartrite, desgaste de estruturas da coluna, deslizamento de vértebras devido a fraturas por pressão. Cito alguns sintomas que podem ou não ocorrer ao mesmo tempo: dor que começa na coluna lombar e irradia para a parte posterior da coxa e da perna (a dor pode irradiar também para a lateral da perna); aumento de dor na perna ao tossir, espirrar ou com estiramento da coluna; diminuição da força muscular; perda de sensibilidade na região afetada; aumento da dor ao elevar o membro inferior na posição deitada, claro que poderá variar de pessoa para pessoa e geralmente, pioram à noite.

Os tratamentos convencionais quando o paciente está em crise aguda são baseados em anti-inflamatórios e analgésicos e na correção das causas da compressão do nervo. Além disso, a fisioterapia e a acupuntura auxiliam no alívio da dor. A atividade física também é importante tanto para aliviar as dores quanto para prevenir novas crises, mas deve ser realizada de acordo com as limitações de cada paciente, com um profissional qualificado para tal.

Na acupuntura os resultados para a dor ciática tem sido excelentes. De acordo com a MTC, a dor ciática pode afetar a Bexiga e a Vesícula Biliar (canais onde circulam a energia do corpo). Fatores externos (como frio, vento e umidade) causam a obstrução desses órgãos, prejudicando a circulação de energia e sangue. A estagnação (parada) de energia e sangue pode ser agravada por traumatismos, como quedas e torções. Se o quadro se tornar crônico pode haver uma deficiência de nutrição no local, gerando também fraqueza muscular e até mesmo atrofia. O ideal é procurar o diagnóstico e o tratamento logo que as dores aparecerem para que não chegue a esse quadro.

Na anamnese (avaliação do paciente) é determinado o diagnóstico energético e equilibramos o fluxo de energia, e, removendo as estagnações, as dores melhoram. Poderá ser utilizado também de eletroestimulação, aurículoterapia, moxabustão. Reforço que de acordo com cada caso é traçado um tratamento específico.

Se você desconfia que possa ter algum tipo de compressão ou inflamação no nervo ciático, procure um médico para fazer o diagnóstico e começar a tratar o mais rápido possível!

Que acha de conhecer melhor o tratamento??

Venha agende uma consulta, independente oriento que procure um profissional responsável e habilitado para iniciar tratamento do descobrir-se.

Mantenha-se em equilíbrio!! #descobrirseé

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura

 

Auriculoterapia – saúde que vem da orelha

Você sabia que a orelha esconde poderes que muita gente desconhece??

Você já percebeu que o formato dela lembra o de um feto de cabeça para baixo? A auriculoterapia é uma terapia integrativa que pode complementar a medicina tradicional e se baseia na relação orelha e o restante do corpo humano, ou seja, temos a orelha como um microssistema relacionado ao macro, corpo humano, onde através de estímulos com agulha, sementes e/ou cromoterapia são realizados os procedimentos para o tratamento de enfermidades físicas e emocionais.

Ela consiste em estimular pontos do pavilhão auricular que representam cada órgão e função do nosso organismo. Ao ser aplicada, a técnica reequilibra a energia necessária para o bom funcionamento do corpo.

No Brasil, a auriculoterapia é usada desde 1975.

Esta técnica é indicada para alívio rápido da dor, emagrecer, parar de fumar ou beber e também no tratamento de:

• intoxicação alimentar ou por medicamento;
• dor nas costas, no ciático, nos braços;
• hérnia de disco;
• enxaqueca;
• insônia;
• desvios de atenção;
• depressão, ansiedade, fobias, síndrome do pânico;
• perturbações do sistema nervoso autônomo (que controla respiração, temperatura corporal, circulação do sangue e digestão).

Muitas vezes, os efeitos aparecem já na primeira sessão. Mas é importante lembrar que o alívio dos sintomas depende da continuidade do tratamento, pois a auriculoterapia trabalha a causa do problema.

Dentre os principais benefícios da Auriculoterapia, podemos citar o método não invasivo, ou seja, o tratamento de qualquer região do corpo é feita na orelha e seus resultados são imediatos. Além disso, os efeitos são preventivos, dando ao organismo energia suficientes para auxiliar na melhora das enfermidades.

Assim como as demais técnicas da terapia holística, a Auriculoterapia pode ser usada como tratamento complementar aos demais tratamentos de doenças, pois não apresenta efeitos colaterais e pode ser aplicada em adultos, crianças e idosos e seu uso associado a outras terapias, dinamiza os resultados benéficos de qualquer tratamento.

Esta terapia não somente é para tratamento de doenças, como também vale para acalmar, tranquilizar e devolver a paz interior. Há momentos em que nos sentimos sobrecarregados, esgotados e sem forças e sua aplicação ajuda a liberar tensões e restabelecer a energia vital.

Agora, esse procedimento deve ser realizada por terapeutas devidamente capacitados com formação embasada na medicina tradicional chinesa e prática comprovada.

Venha agende uma consulta, independente oriento que procure um profissional responsável e habilitado para iniciar tratamento do descobrir-se.

Mantenha-se em equilíbrio!! #descobrirseé

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura

 

Auriculoterapia perguntas e respostas…

Muitas pessoas tem me procurado para sanar dúvidas sobre Auriculoterapia, e hoje resolvi  escrever a respeito através de perguntas e respostas, espero que gostem…

Auriculoterapia é eficaz?

Sim, a  #Auriculoterapia é um excelente método de tratamento que vem sendo utilizado para muitas enfermidades dolorosas, inflamatórias, endocrinometabólicas e do sistema urogenital, enfermidades de caráter funcional, crônicas, infectocontagiosas, entre outras.

Para que casos a Auriculoterapia é indicada?

É indicadas em casos em que o doente tem a necessidade de alívio imediato de dor, dores pungentes, agudas e crônicas, perturbações psíquicas como ansiedade e depressão, angústia, falta de concentração, vertigens, gagueira, perturbações do sistema autônomo, intoxicações por uso de drogas, tabaco e medicações.Tendo assim se mostrado de grande auxilio no diagnóstico e tratamento de vários desequilíbrios e enfermidades, com alto nível de aceitação.

Como é realizado o procedimento?

O procedimento baseia-se na massagem que faz pressão nos pontos específicos, a fim de promover o tratamento de enfermidades físicas e mentais. Nesta técnica normalmente se utiliza a colocação de sementes ou esferas de outros materiais, que servirão de marcação dos pontos corretos para quando pressionados aprofundarem na pele até tocarem as raízes nervosas, desencadeando assim o estimulo que será levado até o cérebro.

Por que a orelha?

Porque, pelo fato da orelha ser rica em terminais “nervosos”, a mesma possibilita a relação entre o estimulo e o Sistema Nervoso Central que, por sua vez, desencadeia além dos efeitos curativos imediatos, tem efeitos preventivos, dando ao organismo energia suficiente para impedir enfermidades. Nosso ouvido externo possui um microssistema, no qual apresenta todo o corpo humano com aproximadamente 130 pontos específicos que correspondem aos nossos órgãos e algumas funções do corpo. Quando esses pontos são estimulados, o cérebro recebe um impulso e reage, gerando uma série de fenômenos físicos a fim de promover o equilíbrio do corpo. A relação entre o pavilhão auricular e o organismo baseia-se apenas nos feixes e terminações nervosas localizadas nessa região que levam a informação do estimulo até o cérebro.

Qual objetivo desse tratamento? 

Todo o tratamento pela auriculoterapia tem como objetivo promover o equilíbrio do paciente e assim o seu bem-estar. Essa terapia auxilia no tratamento de inúmeras doenças, aproximadamente cerca de 250 doenças.

Quais os benefícios desse procedimento?

Para esta resposta irei pontuar os benefícios, que são eles:
• Melhora do estado depressivo, da ansiedade e do stress;
• Melhora a insônia;
• Aumenta a energia vital e reduz o cansaço físico e/ou psicológico;
• Alivio da dor;
• Ajuda nos tratamentos de emagrecimento;
• Ajuda atuando como coadjuvante nos tratamentos de vícios como o tabagismo e alcoolismo;
• Harmoniza a energia do organismo e restabelece o circulo energético nos meridianos= saúde.
• Ajuda a equilibrar a hipertensão, vertigens ou palpitações.

Qual período desse tratamento?

A frequência das sessões depende do caso e da emergência do paciente, podendo ser diariamente, em dias alternados, duas vezes por semana ou uma vez, semanalmente, quinzenal.
As sementes colocadas no pavilhão auricular podem permanecer por um período de 3 a 7 dias, a depender da enfermidade tratada.

Agora, venha conhecer melhor o tratamento, Não espere o agravamento do problema. Marque hoje mesmo uma sessão e se surpreenda. Com uma avaliação completa e uma seleção de pontos para cada caso você equilibra seu corpo e mente com um tratamento natural da medicina Chinesa.

Independente oriento que procure um profissional responsável e habilitado para iniciar tratamento do descobrir-se.

Mantenha-se em equilíbrio!! 

#descobrirseé

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura 

O que é Auriculoterapia, Auriculopuntura, Acupuntura Auricular?

Os três termos do título, citado acima, servem para designar uma técnica que, embora tenha diferentes métodos para ser executada, objetiva e tem como finalidade o mesmo princípio: a utilização da orelha para tratar desequilíbrios  (sinais, sintomas) no corpo humano.

A orelha, ou seja, o pavilhão auricular mantém relações com os órgãos e regiões do corpo através de reflexos cerebrais, a transmissão do sinal através de um estímulo vai até o tálamo, passando pelo cerebelo, tronco cerebral, encéfalo e a todos os núcleos cerebrais.

A Auriculoterapia é indicada como forma de tratamento para as diversas enfermidades existentes, cerca de 200 enfermidades, entre as quais estão: enfermidades de caráter físico, mental e emocional, tais como cefaleias, neurastenia, insônia, dor, ansiedade e etc.

O tratamento se faz geralmente estimulando os pontos com agulhas semi-permanentes ou sementes protegidas com fita micropore por um prazo estabelecido pelo profissional. As agulhas são pequenas e possuem diâmetros distintos para sedar ou estimular os pontos, conforme a técnica empregada, as sementes comumente utilizadas são grãos de mostarda ou de Aprico.

Esse processo de tratamento tem demonstrado ao longo dos séculos, resultados excelentes, e deve ser utilizada de acordo com a necessidade do paciente, pois cada organismo reage de uma forma determinada ao estímulo, cada pessoa é um universo único, a Auriculoterapia tem como objetivo, promover o equilíbrio do paciente e assim o seu bem-estar, é especialmente indicada quando se necessita que o paciente leve o tratamento para casa, pois o paciente pode pressionar as esferas ou semente colocadas nos pontos auriculares, estimulando assim, continuamente o tratamento.

Bom, finalizo sempre frisando, procure um profissional responsável e habilitado para iniciar o tratamento.

Mantenha-se em equilíbrio!!

Autoria: Andrea Shima

Fonte: Andrea Shima Acupuntura